Confira 4 dicas para acertar em cheio no presente do seu pai

Basta alguma data especial apontar no horizonte, e ficamos meio perdidos. Dá um branco total, esquecemos de toda e qualquer possibilidade de presente. E claro, no Dia dos Pais, não é nem um pouco diferente. Quanto mais perto do dia, mais a memória teima em falhar. Para piorar a situação, muitos de nós têm esse probleminha multiplicado: padrasto, tio avô e outras figuras próximas também merecem aquele agradinho.

Eis aí a grande questão: como escolher o presente perfeito para o paizão? Com as dicas que trazemos a seguir, essa tarefa ficará bem menos complicada a partir de hoje. Confira só:

1. Defina seu orçamento
Antes de qualquer outro passo, verifique quanto você pode ou está disposto a investir. Lembre-se: presente caro não significa presente bom. Dependendo do tipo de presente, leve em conta se o valor da parcela prevista cabe direitinho no seu bolso. Não gaste além de sua condição financeira.

2. Observe antes de comprar
Para não perder muito tempo — e dinheiro —, não saia de casa antes de analisar bem o contexto. Qual é o estilo e as características que melhor definem o seu pai? Ele é do tipo executivo, moderno, esportista ou tradicional? Sem ter isso bem definido, não avance ou você corre o sério risco de errar feio na escolha. Imagine só dar um tênis de corrida para o paizão sedentário.

3. Necessidade VS Desejo
Analise o tipo de presente: uso, consumo ou recordação. Dependendo do pai, ele vai adorar receber aquilo que já pensava em comprar. Por exemplo, um jogo novo de pneus para o possante. Outro detalhe a levar em consideração diz respeito a maneira como cada um encara a data. Alguns pais, mesmo necessitando outros itens, preferem ganhar o que desejam ou gostam, ou seja, tênis, óculos, gravata, livros, ferramentas… A lista é enorme e depende de cada perfil — por isso a importância do item 2.

4. Faça uma lista de possibilidades
Não saia de casa antes de ter mais de uma possibilidade à vista. Arme-se de opções. Caso contrário, talvez a frustração o acompanhe durante as comprinhas. Lógico, é normal elegermos um presente preferido, mas cuidado: essa preferência deve levar em consideração o presenteado, não você. Essa listinha de itens vai ajudá-lo a não perder tanto tempo perambulando pelas lojas e departamentos de cada uma delas. Com planejamento básico antecipado, o sucesso é praticamente garantido.

Tire um tempo da semana para pensar com carinho no que seu pai gosta ou precisa. Analise a situação toda. A correria de nossos dias é tanta que nem sempre conseguimos reservar alguns minutos para quem realmente faz diferença em nossas vidas. Custa nada, e você só tem a ganhar: quando acertamos em cheio no presente, nos conectamos aos nossos pais. É carinho, é cuidado, é amor.

E você, como costuma decidir o presente do seu pai? Compartilhe suas sugestões com a gente lá nos comentários do Facebook.

 

Fontes:
Gshow 
Economia dia a dia

Mulher Digital 

Deixe um comentário

Seu e-mail não será divulgado.